segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Rosa flor cristal.

Eu sei que não deve gostar disso, aliás, não deve gostar de cartas de amor. São rídiculas, uma vez já disseram a muito tempo atrás. Mas fiquei com vontade de me sentar e escrever uma, há coisas das quais precisam ser exaltadas inúmeras vezes, para que recebam o respeito que merecem. Teu cuzinho, meu amor, é uma dessas coisas. Lindo, sabia? Já disse, tantas vezes, um pedacinho de carne roséa, rosa flor cristal, que eu rego, buraquinho que me conduz ao paraíso, apertadinho, eu vou tão fundo que rezo para nunca encontrar o fim. Uma obra de arte barroca, quando se abre e sorri para mim, sim, ele pedindo sempre que eu entre, acenda a minha vela dentro até que a cera quente pingue e te faça gritar. No sétimo dia Deus não descansou, ele criou o seu cuzinho. E quando você caga? Meu amor, aquilo sim, deveria ser preservado, a pureza do seu rabinho, branquinho e depiladinho, com aquilo marrom saindo e caindo em mim... Cheiro de flores e mel, morangos e chantilly.

Estou sendo terrivelmente meloso? Desculpe-me, mas como controlar tal paixão desenfreada por algo incrivelmente perfeito? Até o gosto dele, agridoce, único. Minha língua sente todos os dias a falta daquele seu cuzinho perfeito na minha cara, vontade de roubá-lo para mim, colocar num pedestal ao lado da Virgem Maria, orações para que abençoe sempre esse buraquinho onde fiz minha morada.

PS: Meu amor, pensei bem durante dias sobre o que andamos conversando. Tenho sido miseravelmente egoísta com você. Mudanças são sempre bem vindas, acho justo que você também sinta exatamente o que eu sinto quando meu pau entra em você. Tenho um pouco de medo, deve ser normal não? Mas um pouquinho de lubrificante talvez ajude. Só peço que deixe essa vidinha de lado, não precisa ficar dançando práquelas mulheres (inclusive a minha), naquele inferninho. Já disse que te pago uma kit net e a faculdade, aliás, pago qualquer coisa, sabe disso.

PS 2: Em anexo com a carta, vem aquela cueca boxer vermelha que você queria. Meu pau fica duro só de pensar em abaixá-la e ver teu cuzinho, o meu amorzinho, rosa flor desabrochando e brilhando como cristal, sorrindo satisfeito prá mim.

19 comentários:

  1. Já tantas declarações de amor, mas a um cú, foi a primeira vez. Foi genial, só isso.

    ResponderExcluir
  2. como diria a minha avó:
    xispitchólindó.

    ResponderExcluir
  3. Colocar um cu no pedestal. Fico imaginando a cena dramática. E acender uma vela dentro dele?
    Que cabeça mais...obcena a sua!
    Gostei do puteiro, mais vezes aqui certamente

    ResponderExcluir
  4. cuzinho como flor desabrochando? sua puta amada não anda bem de intestino? arghh... mas é isso, amor foi feito para aguentar essas coisas rs

    ResponderExcluir
  5. na verdade, é um garoto de programa marcelão

    ResponderExcluir
  6. Caralho , não importa quão original seja o tema, o objeto de desejo ou o veículo: declaração de amor é sempre declaração de amor e essa ficou foda.
    Gostei da sutileza misturada com descaramento.
    Esse blog tá a cada dia que passa mais foda.

    ResponderExcluir
  7. Declaração de amor bastante original, hein?

    Comparações pra lá de estranhas, mas existe gosto pra tudo! kkkk

    ResponderExcluir
  8. muito boa declaração de amor, apesar do mau cheiro que a mesma emana...

    ResponderExcluir
  9. amo este puteiro ... com todas as suas putas e putos ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. katrina, declaração de amor mais louca que já li.
    garotinha com bolas.

    ResponderExcluir
  11. TENTOU sair do convencional?
    HAHAHAHA, Katrina, você é demais.. demais, sério.

    ResponderExcluir
  12. hahahahahaha Arquivos secretos do vaticano II

    ResponderExcluir
  13. uahuahuahuhuahuahahuhuhauhauh....

    Você sabe mesmo colocar um cú num altar.

    parabéns

    ResponderExcluir
  14. apesar de parecer irônico as minhas próximas palavras que seguirão nesse comentário, só teclar que isso é inspirador... mto inspirador mesmo... risas...

    *curti demais esse espaço aqui... parabéns a todos os q cá escrevem...

    bai bai.

    ResponderExcluir
  15. Uau, que... escroto.
    HAOSGAOHAOAHSOAHSOAHSOAHAO
    quem nunca quis ter um cuzinho rosa cor cristal? :B

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Escrotissimo, muito bom!

    ResponderExcluir
  17. Bolos e cús, são apreciáveis...

    ResponderExcluir