domingo, 4 de abril de 2010

Poema da Puta


Olha só
Olha lá
Que puta

Oh Deus
Mas como ela é
Uma puta

Voz de galinha
Cara de vaca
Jeito de piranha
Ela é uma puta

Ela move as pernas
São feias e escrotas
Parecem troncos estragados
Que nem a cara da dona

Ela move o cu
Exibe o seu buraco
Ela gosta que olhem
E enfiem a piroca

Voz de galinha
Cara de vaca
Jeito de piranha
Ela é uma puta

Ela mostra as tetas
Com os bicos bem duros
Ela aperta com os dedos
E geme esganiçado

Ela mostra a buceta
Sua vulva peluda
A vagina arregaçada
Só não fede como a bunda
.

7 comentários:

  1. Meu Deus hehehe
    A foto ilustrativa rsrs ficou show!

    ResponderExcluir
  2. As putas são todas todas iguais...: -sempre uma decepção!.. risas...

    *este blog é o q há.. parabéns p todo mundo...

    abs grande.

    ResponderExcluir
  3. ela quer ecitar quem?

    ResponderExcluir