domingo, 6 de junho de 2010

O Abacate na Música Ocidental




.
Eu gosto de comer abacate. Prefiro doce. Adoro guacamole, mas um abacate com açúcar é algo fenomenal. É uma pena que a maior parte das lojas de suco não ofereçam abacate. ISSO É UM ABSURDO. O abacate é uma fruta como outra qualquer. Minto; é uma fruta foda. É MELHOR que a maior parte das frutas. Diria que talvez seja a melhor das frutas, mas como não gosto de eleger nada dessa maneira, poderia dizer que está num seleto grupo de frutas de sabor nobre e elevado, assim como a lichia e a jabuticaba. Opiniões podem divergir, mas essas frutas são fodas. São difíceis de barrar. Essa trinca de frutas merecia ser louvada e ovacionada, diariamente. Talvez a maior vantagem do abacate sobre essas outras duas frutas, seja o fato de ser maior. Um abacate tem muito mais massa que apenas uma lichia, ou apenas uma jabuticaba. O que nos leva à vantagem musical do abacate.

O abacate oferece muito mais possibilidades acústicas que as outras duas frutas. Sendo maior, o abacate ressoa mais, pode ser usado como caixa ressonante em peças musicais, principalmente música de câmara, eu diria. Pensemos num quarteto de cordas colocando um abacate, no chão, a uma distância média dos 4 executantes; teremos um som muito mais encorpado e brilhante. As vibrações fisioacústicas do abacate valorizam o som do quarteto como um todo. Podemos usar o abacate em formações maiores, como banda sinfônica, orquestra de metais ou de cordas, e até numa orquestra sinfônica completa. O problema nesse caso é logístico, teríamos que arranjar um grande número de abacates, o que pode tornar a execução de uma peça abacatal (que é o termo certo a se empregar) um tanto complexa, daí minha recomendação para a utilização do abacate apenas para peças de pequeno ou médio porte. Gostaria de acrescentar que o abacate valoriza a voz humana de uma forma magnífica. Sopranos e mezzos terão suas vozes amplificadas de uma maneira inacreditável. Experimentem. Peguem um abacate, gritem na direção do abacate, e sintam um poder vocal nunca antes imaginado. Só não abusem do abacate.

5 comentários:

  1. Hahahaha, a próxima vez que vir um abacate, cantarei com ele pra ver se sai um gutural.

    Nunca comi lichia.

    ResponderExcluir
  2. O Ministério da Saúde adverte:O excesso de substâncias abacatáceas no sangue pode ocasionar overdose, e colapso do sistema digestório central. Consuma com moderação, se comer não dirija.

    ResponderExcluir
  3. E as propriedades umectantes do abacate?
    Concorda que a palavra umectante combina por demais com a palavra abacate?

    Abacate é muito bom pro cabelo e pra pele.

    ResponderExcluir
  4. ahuhauauuaua
    cantar direcionando ao abacate, porra!!!
    Abacatal heim!

    é o termo correto ué

    a ciência do abacate com disciplinas próprias ,claro voltada à area músical !
    gênio-
    *os principios do abacate
    *sociologia aplicada ao estudo abaticium
    história do abacate
    direito dos abacates

    heum quase uma tribo indígena- os abacates

    homens que andavam por ai fazendo dancinhas para o Deus do Abacate
    heheheh

    ResponderExcluir